16jun

Citros: Menor demanda diminui cotações da laranja pera e da tahiti



A colheita de laranja esteve comprometida no início desta semana, em decorrência das fortes chuvas que atingiram as principais regiões citrícolas paulistas. Somente na quarta-feira, 8, com a interrupção das chuvas, produtores retomaram os trabalhos com maior intensidade. Os preços, contudo, recuaram um pouco, como resultado da desaceleração da demanda (devido ao clima frio e úmido).

Neste cenário, a média da pera, na parcial desta semana (segunda a quinta-feira), foi de R$ 20,63/cx de 40,8 kg, na árvore, queda de 0,5% frente à semana anterior. A lima ácida tahiti também se desvalorizou neste início de mês, após significativo avanço em maio. Apesar das chuvas, que limitaram a colheita, a demanda é baixa, tanto no segmento in natura quanto para exportação. A média de comercialização desta fruta na parcial da semana é de R$ 38,91/cx de 27 kg, colhida, queda de 4,8% em relação à semana passada.