22jun

Crise do Feijão: Pela primeira vez na história, falta produto no Brasil e preços explodem



347278e29e7248104119383ccbf4a2a7

Pela primeira vez na história o Brasil está sem feijão. As imagens acima ilustram, primeiro, a arrumação das prateleiras de um supermercado em Umuarama, no Paraná, por volta de 21h30 da segunda-feira (20), que fechou às 22h. Na sequência, o espaço vazio na manhã – por volta de 9h30 – da terça-feira (21). As informações e fotos são um relato do analista de mercado da Correpar, Marcelo Lüders, e que deixam clara o atual momento deste setor.

Segundo o especialista, há uma ruptura em todos os elos da cadeia de comercialização do feijão neste momento, seja da variedade que for. Os poucos estoques foram se esgotando, os estoques dos supermercados também e a demanda – principalmente diante da enxurrada de informações que recai sobre os  consumidores – é intensa e crescente.

“Cerca de 50% das lojas de supermercado no Brasil estão desabastecidas de feijão”, diz, Lüders. “O Brasil tem, pela primeira vez na sua história, a falta de um item básico de sua alimentação. E por isso, quando há oferta, o consumidor quer estocar com medo da falta e de preços mais altos”, completa. Na imagem é possível ver que as compras estavam limitadas, tanto do preto quanto do carioca, a apenas 4 pacotes por cliente.